Translate

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

DATAFOLHA: DILMA APARECE PELA PRIMEIRA VEZ À FRENTE DE AÉCIO.

No entanto, os dois seguem tecnicamente empatados. Dos votos válidos, a presidente aparece com 52%, contra 48% de Aécio. A margem de erro é de dois pontos percentuais.
O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.


DO GRUPO DE LÍDERES QUE AJUDOU DILMA NA RETA FINAL EM 2010, SOBRARAM APENAS EDIR MACEDO E MANOEL FERREIRA

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, conseguiu atrair o apoio da maioria das igrejas evangélicas e de entidades como a Convenção Geral das Assembleias de Deus e a Confederação Nacional dos Conselhos de Pastores do Brasil (Concepab). No primeiro turno, evangélicos, em sua maior parte, se engajaram nas campanhas dos presidenciáveis Pastor Everaldo (PSC) e Marina Silva (PSB). Na eleição de 2010, temas como o aborto e o casamento gay foram explorados com muito mais intensidade na campanha. A candidataDilma Rousseff (PT) foi duramente criticada por, supostamente, apoiar essas propostas. Estavam contra ela as igrejas pentecostais e católicos considerados conservadores. Na reta final da campanha, no entanto, quatro líderes evangélicos deram apoio a Dilma.
Pastor Everaldo declara apoio ao tucano Aécio Neves no segundo turno das eleições
Defenderam a petista em seus templos o bispo Edir Macedo, da Universal do Reino de Deus; o senador Magno Malta (PR-ES), da Igreja Batista; o pastor Manoel Ferreira, da Assembleia de Deus ramo Madureira; e o bispo Robson Rodovalho, da Igreja Sara Nossa Terra. Os quatro acreditam ter “feito a diferença” na votação final. "Não fosse esse apoio, dificilmente ela ganharia", diz o bispo Rodovalho. Do grupo dos evangélicos fieis a Dilma, agora, sobraram apenas a Universal e o ramo Madureira da Assembleia. Ainda assim com ressalvas. A Universal não declarou apoio oficialmente. O pastor Ferreira, suplente na chapa derrotada do petista Geraldo Magela ao Senado, no Distrito Federal, talvez não consiga levar todo o seu rebanho para a petista. Seguidores da sua igreja dizem que ele apoia Dilma, mas a maioria dos fieis não pretende seguir sua recomendação.
Bancada do apóstolo
Seguindo os passos da Universal do Reino de Deus, o apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, também montou sua bancada de deputados. A igreja levou para para a Câmara José Olímpio (PP-SP), Francisco Floriano (PR-RJ), Valdir Maranhão (PP-MA), Eduardo Afonso (PP-PE) e Iracema Portela (PP-PI). Também elegeu os deputados estaduais Rodrigo Moraes (PSC), em São Paulo; Ricardo Arruda (PSC), no Paraná; Marcio Santiago (PTB), em Minas Gerais; Missionário Volnei (PR), no Rio Grande do Sul; Milton Rangel (PSD), no Rio de Janeiro; e Cabo Campos (PP), no Maranhão. A Mundial apoiou o candidato à reeleição ao governo Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo e está com Pezão (PMDB), no Rio.
Fervor na campanha
A Igreja Mundial não declarou apoio oficialmente a Aécio Neves, mas é simpática à candidatura tucana. O apóstolo Valdemiro, no entanto, se engajou fervorosamente na campanha em favor de Pezão ao governo do Rio, a fim de combater Marcelo Crivella, que é bispo da Universal e sobrinho de seu desafeto Edir Macedo.

TRÊS CORAÇÕES: QUATI FOI VISTO NA CIDADE

O vereador Quati já está em Três Corações e já marcou para amanhã o seu depoimento na Polícia Federal. Segundo contam, ele está tranquilo uma vez que o caso em questão em momento algum se falou em compra de voto.

Assim, feito o recado.

BLITZ PARA CARRO DA CÂMARA DOS VEREADORES DE TRÊS CORAÇÕES NA CIDADE DE SÃO LOURENÇO

Amigos de São Lourenço falam que um carro da Câmara dos Vereadores de Três Corações foi parado em uma Blitz especial naquela cidade. Segundo relato quem o ocupava era o Cleyton, ex-secretário do vereador renunciante.
Mas, como simples contribuinte, é sempre bom saber o que esse carro estava fazendo por aquelas bandas, uma vez que transparência não é o forte daquela turma. Com a palavra a SECOM daquela Casa.

CNT/MDA: UMA ESTRANHA PESQUISA. O MERCADO ESPERA PELA PESQUISA DATA FOLHA


A pesquisa divulgada agora pela Confederação Nacional dos Transportes, feita pela MDA nos dias 18 e 19, aponta Dilma com 50,5% e Aécio com 49,5%, um empate técnico com um ponto de vantagem para a petista. Não apresenta os resultados por região. No entanto, lá no final, tem a tela acima, que mostra quem o eleitor acha que vai vencer as eleições. Aécio aparece bem à frente. É ou não é muito estranho? Melhor esperar o Datafolha, que deve sair hoje à noite.

AÉCIO E DILMA GUARDARAM MUNIÇÃO PARA O DEBATE DA GLOBO

Foi um debate sem graça, morno quase frio. Os dois candidatos maneiraram depois de um debate sanguinolento como foi o do SBT na última quinta-feira.
Ricardo Noblat
No debate da Record entre os candidatos a presidente da República, o mais interessante aconteceu durante os intervalos: um comercial da campanha de Aécio onde se ouve a voz de Dilma, em entrevista antiga à Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, elogiando seu atual adversário.
O comercial foi ao ar mais de uma vez, pegando os espectadores de surpresa. Dilma diz que Aécio era um dos melhores governadores de Estados. Comercial matador, como gostam de dizer publicitários em geral e marqueteiros em particular.
No mais, foi um debate sem graça, morno quase frio. Os dois candidatos maneiraram depois de um debate sanguinolento como foi o do SBT na última quinta-feira. Aécio, claramente, não queria dar motivos para que o acusassem de desrespeitar uma mulher. Mediu cada palavra que disse.
Dilma foi mais afoita. Deveu-se ao seu temperamento. Sempre que pode, deu estocadas em Aécio. Mas nada capaz de esquentar os ânimos – nem os de Aécio nem os dela mesma.
Os dois se enfrentaram pelo empate.
Certamente estocaram munição para disparar no debate da próxima sexta-feira, a ser promovido pela Rede Globo de Televisão. Será o último e decisivo debate desta eleição.
Por que decisivo?
Porque tudo indica que os candidatos chegarão empatados às vésperas da eleição. Hoje, conheceremos mais um resultado de pesquisa Datafolha. A da semana passada deixou claro que a eleição será decidida pelos eleitores indecisos – algo como 6% do total.
No primeiro turno, segundo o Datafolha, 8% dos eleitores disseram ter escolhido em quem votar quando faltava uma semana para isso. No sábado, véspera do dia da eleição, 6% escolheram seu candidato. E no domingo, 9%.
Portanto, salvo se o acaso fizer uma surpresa, somente no domingo à noite, pouco depois das 20h, horário de Brasília, saberemos quem se elegeu presidente. Até lá, haja coração!

domingo, 19 de outubro de 2014

MINHA OPINIÃO: DILMA E A CORRUPÇÃO NA PETOBRAS

Dilma abandonou o "eu não sabia"
Dilma, enfim, reconheceu publicamente que houve corrupção na Petrobras, isso depois de 12 anos, período ao qual os lesa-pátria obrigaram  a empresa a se descapitalizar e servir aos companheiros corruptos, ao PT e aos partidos aliados. 
O que preocupa mesmo não só o tricordiano, mas todo o brasileiro de bem foi à frase de Dilma: “Se houve desvio, nós queremos dinheiro público de volta. Se houve não, houve!", disse.
Bem leitores e amigos deste Blog. Não há nada de animador nessa fala, porque o trabalhador que investiu seu dinheiro do FGTS já perdeu, quem investiu em ações, idem; e com essa corrupção desenfreada nós todos perdemos em qualidade de vida. No mais, se isso algum dia acontecer sabemos quais os bolsos onde hão de ir meter as mãos.
O poste do Lula, e o canto da sereia está custando  caríssimo para todos os brasileiros, em benefício de assaltantes de todas as matizes.

Abraços
Paulão

IRMÃO DE DILMA MORAVA NO INTERIOR QUANDO ERA FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA

TRANQUILO - Foto de viagem: histórico de serviços prestados a três prefeituras
de cidades mineiras. Foto: Reprodução/Facebook
Único irmão vivo da presidente Dilma Rousseff (PT), o advogado Igor Rousseff vive na cidade mineira de Passa Tempo há pelo menos 18 anos, segundo os próprios moradores da cidade. 
“Ele morava em um trailer daqueles de viagem, depois construiu a casa que está lá no terreno hoje, mas sempre morou aqui. Anda por aqui de bicicleta, o tempo todo, é muito gente boa e não tenho nada contra ele, pelo contrário”, diz o aposentado Geraldo Amorim Andrade. Outro morador, um sitiante que preferiu não se identificar, confirma o que disse o sr. Geraldo. “O Igor sempre morou aqui e depois que a primeira mulher dele morreu, vive com uma moça daqui da cidade”, disse, fazendo referência a Valquíria, segunda mulher de Igor Rousseff. “Hoje ele nem trabalha, passa o dia andando de bicicleta. A cidade é tranquila”, disse o morador. Outros moradores da cidade ouvidos pela reportagem confirmaram que Igor construiu a casa onde mora hoje.

O advogado de 67 anos saiu do anonimato depois que o senador Aécio Neves (PSDB) o acusou de ter sido funcionário fantasma da Prefeitura da capital mineira. Segundo Aécio, Igor teria sido nomeado assessor especial do então prefeito Fernando Pimentel em 2003 e permanecido como funcionário da prefeitura até a posse de Marcio Lacerda, no início de 2009, sem no entanto ter dado expediente regular onde era lotado. “Não sei se ele não trabalhava em Belo Horizonte, mas o que posso dizer é que ele sempre morou aqui, desde muito tempo, e não viajava com frequência para a capital”, afirmou à reportagem um vereador da cidade, que também pediu anonimato. “Gosto dele, não quero me indispor por falar a verdade”, concluiu. Passa Tempo tem pouco mais de 8 mil habitantes e fica 143 quilômetros distante de Belo Horizonte.

uiz Fernando Rocha - Hoje em Dia

LEMBRANDO LULA

No debate do SBT, quando Dilma perguntou a Aécio o que ele achava da lei que pune motoristas que dirijam bêbados ou drogados, o tucano pensou em responder que “o habito de beber nunca impediu ninguém de ser presidente”. E até gostaria de lembrar a famosa reportagem de Larry Rohter no The New York Times, quando citou comentário de Leonel Brizola de que “Lula bebia muito”. Repensou rapidamente e achou que estaria baixando ainda mais o nível do debate.

FRASE: PEDRO SIMON

FRASE DO DIA


"O PT chegou ao governo e se tornou o partido mais triste, mais vergonhoso de nossa história. Foi pior até do que a ditadura militar, no campo da ética, da seriedade."


SENADOR PEDRO SIMON, EM ENTREVISTA AO JORNAL ESPANHOL EL PAÍS

sábado, 18 de outubro de 2014

À MEIA-NOITE, RELÓGIOS DEVEM SER ADIANTADOS

O horário de verão começa a valer à meia-noite de hoje, quando os relógios devem ser adiantados em uma hora nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, incluindo o Distrito Federal.
Os moradores dessas regiões precisam ficar atentos, porque a antecipação da rotina em uma hora pode levar a indisposições e sonolência. A alteração na quantidade de luz diária provoca alterações hormonais, o que pode criar mal-estar, diz a endocrinologista Jane Feudman.
Segundo ela, o corpo tem hormônios cuja concentração varia de acordo com os horários e a luz do dia. “Quando há alteração da rotina, você sofre um estresse, pois muda o momento do pico desses hormônios”, diz.
O sono desregulado pode provocar irritabilidade, estresse e baixa produtividade, até o aumento da instabilidade vascular. Para evitar o problema, especialistas recomendam dormir de 15 a 20 minutos mais cedo nos dias que antecedem a mudança de horário.
Para as crianças, que sentem mais a diferença, a recomendação é ir para a cama mais cedo. Elas também podem amenizar a irritabilidade tirando pequenos cochilos durante o dia.
Neste ano, a medida terá uma semana a mais de duração, por causa do carnaval - o horário especial acaba no dia 22 de fevereiro. Apesar disso, a previsão do Ministério de Minas e Energia é de que a economia por causa do horário de verão seja de R$ 278 milhões em eletricidade, bem menor do que os R$ 405 milhões do verão passado. Isso se deve principalmente ao uso mais intenso das termelétricas em 2014.
Agência Estado

PRESSIONADA, AGORA DILMA ADMITE CORRUPÇÃO NA PETROBRAS

Declaração foi dada pela presidente durante entrevista coletiva neste sábado, no Palácio da Alvorada.

A presidente e candidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff, admitiu neste sábado que "houve desvio" na Petrobras, conforme denúncias do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa. Foi a primeira vez que a presidente confirmou a existência de desvio. A confirmação pela candidata ocorreu durante entrevista coletiva nesta tarde, no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. "Se houve desvio de dinheiro público queremos ele de volta. Se houve não, houve, viu?", afirmou.
Dilma afirmou também que o governo pretende pedir o ressarcimento de todos os recursos desviados pelo esquema comandado por Costa, com recursos desviados por meio de construtoras para financiar partidos políticos - entre eles, o PT, o PMDB e o PP. "Eu tomarei todas as medidas para ressarcir tudo e todos", disse. "Farei todo o possível para ressarcir o País."
A presidente, contudo, disse que ainda não foi informada sobre valores que poderiam voltar para a estatal em razão da recusa do Supremo Tribunal Federal (STF) de permitir o acesso do governo a detalhes da delação premiada de Costa. "Ninguém sabe o que tem para ser ressarcido, porque os dados mais importantes da delação premiada não foram entregues a nós", disse.
(Agência Estado)

OUTUBRO ROSA BUSCA ESTIMULAR DETECÇÃO PRECOCE DO CÂNCER DE MAMA

                                    UNINCOR INSERIDA NA EDUCAÇÃO E SAÚDE
O movimento Outubro Rosa, começou a surgir em 1990 na primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, e desde então, promovida anualmente na cidade. Entretanto, somente em 1997 é que entidades das cidades de Yuba e Lodi.
Também nos Estados Unidos, começaram a promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção da doença, escolhendo o mês de outubro como epicentro das ações. 
A cada ano vem crescendo o número de Países e Instituições que estão aderindo ao Outubro Rosa. Neste ano de 2014 a Universidade Vale do Rio Verde - UNINCOR junto aos alunos do Curso de Enfermagem, Professores e Coordenação adotaram essa campanha, estimulando servidores e sociedade em Geral. 
O objetivo principal desta campanha é alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, assim como abordar mitos e verdades sobre prevenção e detecção precoce da doença.
Iinformar ainda, sobre benefícios da mamografia no rastreamento sobre a doença, possibilitando que a mulher tenha mais segurança para decidir sobre a realização do exame. 
A campanha do Outubro Rosa se intensifica no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.
Prof. Esp. João Paulo Soares Fonseca 
Profa. MS Maria de Fátima Carneiro Ribeiro.

LULA, ASSUSTADO, COMANDA SHOW DE BAIXARIAS EM MINAS

Ex-presidente insinua que Aécio bate em mulheres. E credita ao tucano a tática de 'partir para cima agredindo'. Comício teve menção ao uso de drogas

Gabriel Castro, de Belo Horizonte
Luiz Inácio Lula da Silva participa de comício com Fernando Pimentel (PT),governador eleito do estado de Minas Gerais em primeiro turno, na praça Duque de Caxias, Belo Horizonte (MG) (Alex Douglas/O Tempo/Folhapress)
Em um comício realizado em Belo Horizonte neste sábado - sem a presença de Dilma Rousseff -, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ultrapassou os limites da inconsequência e comandou um show de baixarias e ofensas desmedidas contra Aécio Neves. Foi o ponto mais baixo da campanha até aqui. E não apenas desta campanha: desde 1989 o Brasil não assistia a um festival de ataques como os que o PT hoje protagoniza em uma campanha. Lula não apenas se utiliza das mesmas armas de que foi alvo na campanha contra Collor, como vai ainda mais longe. No comício, o ex-presidente citou o nome de Aécio muito mais que o de Dilma, que se tornou personagem secundário dos discursos. A ordem era atacar, sem tréguas.
Em um discurso precedido por insultos pessoais ao tucano, Lula disse que Aécio usa violência contra as mulheres, por "experiência de vida", e a tática de "partir para cima agredindo". Ao comentar a estratégia do tucano contra Dilma Rousseff, o ex-presidente insinuou que Aécio costuma bater em mulheres. "A tática dele é a seguinte: vou partir para a agressão. Meu negócio com mulher é partir para cima agredindo", afirmou Lula. O ex-presidente também classificou Aécio de "filhinho de papai" e "vingativo". E o comparou a Fernando Collor. O mesmo Fernando Collor que hoje divide palanques com Dilma, como há uma semana, em Alagoas. Lula ainda voltou a mencionar o episódio em que o adversário deixou de soprar o bafômetro em uma bliz no Rio de Janeiro.
O ato deste sábado deixou claro que a tática do PT na reta final da campanha, após o revés de Dilma Rousseff no debate do SBT, na quinta-feira, será a de expor a presidente Dilma como uma vítima das "grosserias" de Aécio. Foi o que fez Lula neste sábado. "O comportamento dele não é o comportamento de um candidato (...) . É o comportamento de um filhinho de papai que sempre acha que os outros têm de fazer tudo para ele, que olha com nariz empinado. Eu não sei se ele teria coragem de ser tão grosseiro se o adversário dele fosse um homem", disse o presidente.
Inacreditavelmente, Lula tentou definir o adversário com uma frase que resume de forma precisa a tática do PT: "É muito grave, porque as pessoas se acham no direito de desrespeitar os outros com muita facilidade e depois ir para a imprensa se passar de vítima. Não é possível."
Mais ataques - Mais cedo, antes de Lula entrar no palanque, o mestre de cerimônias do comício leu uma carta de uma psicóloga petista que atribui a Aécio a prática de espancar mulheres e de uso de drogas, além de classificá-lo como "ser desprezível", "cafajeste" e "playboy mimado". Ela afirma que o tucano tem um "transtorno mental".
Depois, o rapper Flávio Renegado, que discursou já na presença de Lula, do governador eleito Fernando Pimentel e de parlamentares petistas, disse que Aécio costumava fazer festinhas regadas a "pó royal", uma gíria para cocaína. Durante o discurso de Lula, grande parte da militância presente emplacou um grito de "Aécio cheirador", sob a complacência de Lula - o mesmo que, minutos antes, se orgulhara de nunca ter agido de forma desrespeitosa em nenhuma das campanhas eleitorais das quais participou.

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE TAMBÉM EMPREGOU EX-MARIDO DE DILMA

Cláudio Galeno exerceu cargo de confiança na prefeitura do PT durante quase quatro anos

Renato Scapolatempore - Estado de Minas

Além do irmão Igor Rousseff, o ex-marido da presidente Dilma Rousseff (PT) Cláudio Galeno de Magalhães Linhares integrou o quadro da Prefeitura de Belo Horizonte como funcionário comissionado. Ele exerceu cargo de confiança por cinco anos durante a administração do petista Fernando Pimentel (PT), recém-eleito governador de Minas, e de seu sucessor e então aliado Marcio Lacerda (PSB). Galeno atuou como consultor técnico especializado, nomeado para atuar diretamente no gabinete do prefeito, com salário que chega hoje a R$ 13.569,68.
A nomeação do ex-marido de Dilma ocorreu em maio de 2005. Quatro anos depois, em janeiro de 2009, quando o mandato de Pimentel se encerrou, ele foi exonerado do cargo. Galeno voltou à prefeitura em abril de 2009, já na administração do recém-eleito Lacerda, dessa vez como gerente de 1º nível da Gerência de Acompanhamento de Colegiados. O salário para esse cargo atualmente é de R$ 8.544,04.
Na gestão de Lacerda, que em seu primeiro mandato era apoiado pelo PT e pelo PSDB, Galeno integrou o Comitê Governamental de Gestão Participativa e também o Conselho Fiscal da Belotur, empresa municipal de turismo. Ele saiu da prefeitura em 5 de julho de 2010, data da publicação de sua exoneração no Diário Oficial do Município (DOM).
Dilma Rousseff, Cláudio Galeno e Fernando Pimentel, que foi também ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior da presidente, eram amigos da época de juventude em Belo Horizonte. Na década de 1960, eles militavam no Comando de Libertação Nacional (Colina), organização de esquerda que combateu a ditadura militar.
Galeno e Dilma se casaram em 1967, em um cartório civil com a presença de familiares e poucos amigos. O casamento não durou mais de dois anos. Em 1969, os dois militantes, já na clandestinidade, fugiram da capital mineira para o Rio. Pouco depois, Galeno foi para o Rio Grande do Sul, a pedido do Colina, e Dilma continuou no Rio. O militante participou no ano seguinte de sequestro de avião em Montevidéu, Uruguai, e ficou refugiado em Cuba. Assim como Dilma, Galeno se casou novamente.
IRMÃO Mais velho dos irmãos, Igor Rousseff também esteve na Prefeitura de Belo Horizonte com cargo de confiança durante a gestão de Pimentel, fato questionado em debate presidencial do SBT/Alterosa, anteontem, pelo candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB). Igor, que é advogado, foi nomeado assessor especial de Pimentel em setembro de 2003, pouco depois de o petista assumir a prefeitura, com a aposentadoria do então prefeito Célio de Castro. Em 1º de janeiro de 2005, ele foi exonerado da função.
Três meses depois, o irmão de Dilma, que na época era ministra da Casa Civil do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, voltou à prefeitura como assessor especial da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação. Ele exerceu o cargo por três anos e 10 meses, até 1º janeiro de 2009, quando se encerrou o mandato de Pimentel. Assim como Igor Rousseff, todos os servidores que não tinham cargos efetivos na estrutura da administração municipal foram exonerados.

PESQUISA SENSUS MOSTRA AÉCIO À FRENTE DE DILMA, COM 56,4% DOS VOTOS VÁLIDOS


Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada entre a terça-feira 14 e a sexta-feira 17 mostra a consolidação da liderança de Aécio Neves (PSDB) sobre a petista Dilma Rousseff no segundo turno da sucessão presidencial. De acordo com o levantamento, o tucano soma 56,4% dos votos válidos, contra 43,6% da presidenta. Uma diferença de 12,8 pontos percentuais, que representa cerca de 19,5 milhões de votos. Se fossem considerados os votos totais, Aécio teria 49,7%; Dilma, 38,4%; e 12% dos eleitores ainda se manifestam indecisos ou dispostos a votar em branco.

YOUSSEF CONFESSA: PROPINA DO PETROLÃO FINANCIOU CAMPANHA DE DILMA

É O MAR DE LAMA!

Quando assinou seu acordo de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef prometeu entregar aos investigadores da Operação Lava Jato informações que iriam “chocar o país”. Reportagem de VEJA revela que, na semana passada, ele cumpriu a promessa: contou que a campanha de 2010 de Dilma Rousseff foi em parte financiada com dinheiro desviado da Petrobras, listou 28 parlamentares que se serviam das propinas e expôs as entranhas do que chamou de “mensalão dois”. Nas bancas e para assinantes.
Capa Yousseff

PREFEITURA DE BH CONFIRMA QUE IRMÃO DE DILMA FOI ASSESSOR EM 2004


A prefeitura de Belo Horizonte confirmou nesta sexta-feira que o irmão da presidente Dilma Rousseff (PT) Igor Rousseff trabalhou na administração municipal, mas não quis comentar a assiduidade dele enquanto exercia os cargos. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura desde ontem à tarde, logo após o presidenciável Aécio Neves (PSDB) citar, no debate promovido pelo SBT/UOL/Jovem Pan, que o irmão de Dilma teria sido contratado pelo correligionário da presidente e governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), na sua gestão na prefeitura, onde teria recebido salário sem trabalhar, dando a entender que ele seria um "funcionário-fantasma", como é mencionado pelo site do tucano.
Conforme dados da prefeitura, enviada por meio de sua assessoria de comunicação, Igor foi nomeado para cargo em comissão de assessor especial do gabinete do então prefeito Pimentel, no dia 20 de setembro de 2003. No dia 30 de dezembro de 2004, o Diário Oficial do Município publicou sua dispensa do cargo a partir de 1º de janeiro de 2005. Exerceu essa atividade, portanto, por um ano e três meses.
Ainda conforme a prefeitura, em 1º de março de 2005, o irmão de Dilma assumiu o cargo de assessor especial da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação. A publicação foi feita no Diário Oficial do Município no dia 10 de março. E no dia 31 de dezembro de 2008, o Diário Oficial do Município publicou sua exoneração a partir do dia 1º de janeiro de 2009. Nessa atividade, Igor exerceu o posto por três anos e 10 meses. Questionado sobre a assiduidade de Igor enquanto esteve na prefeitura, a prefeitura informou que não iria se pronunciar sobre a questão.
Ontem mesmo, após a citação de Igor no debate, a campanha de Aécio colocou no ar em suas páginas na rede social cópias do Diário Oficial do Município que citavam a nomeação de Igor para os dois cargos. Por sua vez, nas páginas de Dilma Rousseff nas redes sociais foi publicado o link para uma reportagem do jornal O Globo, de 15 de janeiro de 2011, com um perfil de Igor. O texto mostra que o irmão da presidente trabalhou em hotelaria, no escritório do deputado federal Gabriel Guimarães (PT-MG), fazendo serviços de assessoria jurídica para pequenas empresas e na prefeitura de Belo Horizonte, na gestão de Pimentel. "No final do governo, foi exonerado juntamente com outras 160 pessoas", diz a reportagem. Há ainda uma declaração do atual prefeito da capital, Marcio Lacerda (PSB), aliado de Aécio, de que alguns que foram exonerados foram recontratados e que Igor "nunca pediu para voltar".
Já Pimentel enviou esclarecimento por nota e por um vídeo também postado nas redes sociais. "Igor Rousseff foi assessor especial do prefeito de Belo Horizonte em minha gestão. Eram seis cargos dessa natureza. Um deles foi ocupado por Igor, que é advogado e trabalhou com regularidade e eficiência no gabinete do prefeito e na Procuradoria do município", disse o governador eleito nos materiais disponíveis.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

TRÊS CORAÇÕES: VEREADOR QUATI AGORA É FORAGIDO

Notícias não oficiais dão conta que foi emitido o mandado de prisão contra o vereador Quati, isso porque até o momento o vereador não cumpriu e tampouco justificou o seu não comparecimento em obediência a intimação feita pela Polícia Federal.
Vai se complicando a situação do vereador tricordiano, que é secretário da Mesa Diretora, e candidato à disputa da presidência para o biênio próximo, que até então tem o apoio do prefeito Cláudio.

ACUSAÇÕES DE CORRUPÇÃO LEVAM OS EUA A INVESTIGAR PETROBRAS



Petrobras: investigações nos EUA após Operação Lava-Jato (Ricardo Moraes/Reuters/VEJA)

Um relatório divulgado nesta semana pela consultoria Arko Advice informa que o órgão regulador do mercado de capitais dos Estados Unidos, a SEC (Security Exchange Commission), e o Departamento de Justiça americano começaram a investigar as denúncias de corrupção na Petrobras. Um time de 28 advogados e analistas dos órgãos americanos estariam trabalhando no caso, que pode se estender às empresas fornecedoras de serviços da estatal.
A companhia, que tem ADRs (recibos de ações negociados na Bolsa de Valores de Nova York), deve seguir regras de governança estabelecidas pela SEC, que corresponde nos EUA à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). “Os controles se referem não somente às auditorias variadas, mas à obrigação de cumprir as normas antifraudes SOX (Lei Sarbanes-Oxley)”, diz o relatório enviado para clientes, ao qual o jornal O Estado de S. Paulo teve acesso.
A Arko diz que as investigações apontam que a Petrobras “operou de forma desgovernada e submetida a interesses corruptos, conforme as delações de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal, e do doleiro Alberto Youssef”. Procurada, a SEC se recusou a comentar o caso. As investigações costumam ser conduzidas em sigilo pelo órgão americano. A Petrobras não se posicionou até a noite desta quinta-feira.
Pelas conclusões preliminares da SEC, o caso poderia se relacionar não apenas ao mercado acionário, mas se transformar em questão criminal. As prestadoras de serviços da Petrobras podem ser convocadas a prestar esclarecimentos. Também podem ser chamados para depor os envolvidos nas denúncias. Há ainda a possibilidade de serem aplicadas multas.
De acordo com a consultoria, os órgãos americanos estão preocupados em não vazar as conclusões preliminares em ambiente eleitoral, “devido a seu potencial desestabilizador”.

MINISTRO MANTEGA AFIRMA QUE GASOLINA E OUTROS COMBUSTÍVEIS SOBEM ATÉ O FINAL DO ANO

Guido, de novo
Cumprindo “aviso prévio” (a expressão é dele) no Ministério da Fazenda e ocupando a presidência do Conselho de Administração da Petrobras, Guido Mantega, conseguiu irritar, mais uma vez, a presidente-candidata Dilma Rousseff – e todo o staff da campanha – anunciando que, antes do final do ano, a gasolina e outros combustíveis terão seus preços aumentados. Aloizio Mercadante, licenciado da Casa Civil e na coordenação da campanha petista, acha que o anuncio tem uma dose de vendetta de Mantega, que soube que seria dispensado pelos jornais.

NO DEBATE DO SBT, AÉCIO FEZ PICADINHO DE DILMA

Se alguém quase se rendeu a baixarias foi Dilma.
Ricardo Noblat
Aécio Neves deixou de ser tucano.
Na versão política, tucano é uma ave que, apesar do bico grande, bica com delicadeza. É capaz de perder a vida para não perder a elegância. Foi assim, por exemplo, com Serra no primeiro debate do 2º turno contra Dilma em 2010.
De certa forma foi assim também com Aécio no debate da última terça-feira contra Dilma na Rede Bandeirantes de Televisão.
Quem imaginou que ele, ontem, no debate do SBT, ofereceria a outra face para apanhar, enganou-se.
O instinto de sobrevivência empurrou Aécio para cima de Dilma, e dessa vez foi ela que não estava preparada para enfrentar tamanha fúria.
Marqueteiros costumam dizer que o eleitor detesta troca de ataques entre candidatos. Lorota.
O eleitor diz que detesta para aparecer bem na foto – mas ela gosta de ataques, sim. Os ataques só não podem resultar em baixarias.
Se alguém quase se rendeu a baixarias foi Dilma quando tentou aplicar uma pegadinha em Aécio. Perguntou o que ele achava da lei que pune motoristas que dirijam bêbados ou drogados.
Uma vez, no Rio, Aécio foi surpreendido por uma blitz da Lei Seca. E se recusou a fazer o teste do bafômetro.
Se Dilma sabe que ele estava bêbado ou drogado deveria ter dito. É uma grave acusação que não pode apenas ser insinuada. Ela preferiu insinuar. Leviandade.
No debate da Band, Dilma impôs a Aécio sua agenda de discussão. Acuou-o com perguntas sobre o governo dele em Minas. Aécio saiu derrotado.
No debate do SBT, Aécio impôs sua agenda. E rebateu os ataques de Dilma com calma, lógica e argumentos bem pensados. Foi impiedoso.
Dilma voltou a perguntar pelos parentes que Aécio empregou no governo de Minas. Aécio respondeu sobre apenas um deles – sua irmã, Andrea, que trabalhou no governo sem nada ganhar.
Em seguida, Aécio perguntou a Dilma pelo irmão dela, “que ganha sem trabalhar” da prefeitura de Belo Horizonte. Dilma fugiu da resposta. E começou a falar em "dilmês"
Aécio carimbou na testa de Dilma que ela não conhece direito Minas Gerais. Dilma passou recibo da acusação.
O debate acabou com Dilma nocauteada. Não é força de expressão.
Desorientada, como se não soubesse direito onde estava e o que lhe aconteceu, Dilma perdeu a voz ao responder à pergunta de uma repórter do SBT. Esqueceu que estava ao vivo. E, aparentemente grogue, pediu para recomeçar.
Não conseguiu. Alegou então que estava passando mal. Uma queda de pressão. Foi socorrida com um copo de água. Arranjaram-lhe uma cadeira.
Quis voltar à responder à repórter. Como seu tempo acabara, se irritou com ela. Chamou-a de "minha querida".
Desfecho perfeito para uma luta que perdeu.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

DILMA PASSA MAL AO FINAL DO DEBATE NO SBT

PREFEITO DE TRÊS CORAÇÕES, PARE COM ISSO: CÂMARA APROVA E LIXÕES TEM PRAZO PRORROGADO ATÉ 2018

lixão


O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, disse nesta quarta-feira que a prorrogação do prazo para o fim dos lixões é uma reivindicação dos prefeitos, que têm dificuldades de cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10).
A prorrogação até 2018 foi aprovada na noite de terça-feira pela Câmara dos Deputados, por meio de emenda à Medida Provisória 651/14. A MP ainda precisa ser votada pelo Senado.
Ziulkoski ressaltou que o custo para transformar todos os atuais lixões em aterros sanitários está estimado em R$ 70 bilhões. “Não adianta dizer que é o prefeito que tem que resolver, onde está a União para resolver isso? Onde está o próprio Congresso, que fez a lei? Onde estão os governadores? Onde está o cidadão, que é o maior poluidor?”, questionou.
A Política Nacional de Resíduos Sólidos definiu os parâmetros básicos para coleta, reciclagem e destinação do lixo e estabeleceu prazo até 2 de agosto deste ano para a extinção dos lixões e para a criação de aterros sanitários. Caso não cumpram a regra, os municípios poderão responder por crime ambiental, com multas que variam de R$ 5 mil a R$ 50 milhões; e os prefeitos, por improbidade administrativa.
Desrespeito
O deputado Alfredo Sirkis (PSB-RJ) afirmou, no entanto, que a prorrogação do fim dos lixões é uma má solução para os problemas apontados pela CNM. “Teria sido muito mais inteligente negociar termos de ajustamento de conduta com o Ministério Público”, declarou.
Sirkis reconheceu que vários municípios não têm recursos e precisam de apoio dos governos federal e estaduais, mas considerou a prorrogação do prazo um desrespeito aos municípios que acabaram com os lixões. “Acho que criar uma lei e depois não respeitá-la, e criar uma outra para quem não respeitou a lei, é um desrespeito para quem de fato se esforçou e cumpriu aquele prazo”, afirmou.
A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse o governo é contra essa prorrogação e que a presidente Dilma Rousseff poderá vetá-la.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier Edição – Pierre Triboli
Matéria da Agência Câmara Notícias

BOLETIM ACE: PALESTRA


DILMA PASSA MAL DURANTE ENTREVISTA APÓS DEBATE DO SBT

Dilma passa mal ao final do debate, é amparada por jornalista
Petista se sentiu mal enquanto respondia repórter e teve que se sentar e tomar água antes de continuar entrevista

Momentos após o fim do debate, organizado e sediado pelo SBT, a presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT) passou mal. No momento em que ela dava uma entrevista, a petista se mostrou um pouco desconfortável e afirmou que não passava bem.
"Não estou me sentindo bem. Minha pressão caiu." Dilma teve que se sentar, enquanto assessores a ofereceriam água. A entrevista logo foi suspensa para os comentários de outros jornalistas.
Depois, a presidente, recuperada, voltou a falar com a repórter, afirmando que sua pressão ficou baixa e acabou passando mal.

TRIBUNAL DE CONTAS DE MINAS GERAIS DIVULGA NOTAS SOBRE GOVERNO DE AÉCIO

TCM: Aécio, contas aprovadas
O Tribunal de Contas de Minas Gerais divulgou duas notas confirmando que o governo Aécio Neves (2003 a 2010) teve suas contas aprovadas e que foram investidos o que a Constituição brasileira estabelece para Educação e Saúde.
O Tribunal esclareceu ainda que na gestão de Antonio Anastasia (2010 a 2014), após a votação da emenda 29, o governo do Estado fez um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) preventivo, que não veio a ser utilizado, uma vez que o Estado cumpriu o percentual previsto nos novos moldes definidos pela emenda 29.
Leia as duas notas de esclarecimento:
Nota 1
1 – As contas de governo referentes aos exercícios de 2003 a 2010, relativas à gestão do então Governador Aécio Neves, tiveram pareceres pela aprovação por unanimidade pelo Tribunal Pleno desta Corte de Contas, em atendimento ao art. 3°, inciso I, da Lei Complementar 102/2008 – Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais;
2 – As Contas de Governo dos exercícios de 2003 a 2010, do então Governador Aécio Neves, tiveram pareceres pela aprovação por unanimidade pelo Tribunal Pleno, sendo cumpridos os índices constitucionais de saúde (inciso II do § 2° do art. 198 da CR/88) e de educação (art. 212, CR/88).
Nota 2
1 – As contas de governo referentes aos exercícios de 2010 a 2011, relativas à gestão do então Governador Antônio Anastasia, foram aprovadas por unanimidade pelo Tribunal Pleno desta Corte de Contas, em atendimento ao art. 3°, inciso I, da Lei Complementar 102/2008- Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais;
2 – As contas referentes a 2012 foram aprovadas pelo Tribunal Pleno, nos termos legais.
Esclarece-se que em função da edição da LC-141/2012, que regulamentou o § 3º do art. 198 da Constituição Federal, passou-se a considerar como despesas com ações e serviços públicos de saúde o disposto expressamente nos seus arts. 2.º e 3º. Tendo em vista a nova regulamentação, em meio a mandato governamental, foi celebrado o TERMO DE AJUSTAMENTO DE GESTÃO-TAG, instrumento aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais.
Embora esse instrumento-TAG tenha permitido o escalonamento de percentuais para fins de cumprimento dos índices constitucionais, o Estado de Minas Gerais cumpriu aqueles referidos índices, o que culminou em seu arquivamento dada a perda do objeto.
3 – As contas referentes a 2013 foram aprovadas pelo Tribunal Pleno, nos termos legais.
(IG)

FRANCESA INVIVO COMPRA TOTAL ALIMENTOS

CONHECIDA NO BRASIL COMO EVIALIS, EMPRESA COMPROU TOTAL ALIMENTOS, TERCEIRA MAIOR PRODUTOS DE RAÇÕES ANIMAIS DO PAÍS

Ração da Evialis (Foto: Divulgação)
O grupo francês InVivo, mais conhecido no Brasil como Evialis, anunciou na quarta-feira (15/10) a compra da empresa brasileira Total Alimentos, terceira maior produtora de rações animais do país. A aquisição é considerada estratégica para a multinacional, uma vez que o Brasil é o segundo maior mercado global desse setor em volume, atrás dos Estados Unidos, e a empresa quer aumentar sua presença no mercado latino-americano. O valor da operação não foi divulgado, mas o mercado estima em cerca deR$ 300 milhões. 

O Itaú BBA assessorou a companhia brasileira na transação. A Total é uma empresa familiar, com faturamento de 170 milhões (cerca de R$ 540 milhões) e sede na cidade mineira de Três Corações. A companhia atua basicamente em duas áreas: mercado depetfood (animais domésticos), com as marcas Equilíbrio, Max e Naturalis, e emnutrição animal, voltado para gado leiteiro, cavalos e aquicultura. A empresa exporta para cerca de 40 países.

De olho no potencial de crescimento nos países emergentes, o braço agrícola da companhia InVivo, divisão que fatura 1,3 bilhão, adquiriu a Total para expandir seus negócios no Brasil e na América Latina. A companhia francesa já atua nesse segmento no país, com dez unidades produtoras, e elevará seu faturamento para cerca de R$ 1,2 bilhão com essa transação.

A InVivo é a união de 223 cooperativas agrícolas, que reúnem 300 mil agricultores e movimentou no ano passado 5,4 bilhões. Mercado A produção de alimentos para cães e gatos cresceu 5,2% durante o primeiro semestre, totalizando 1,23 milhão de toneladas. A expansão é impulsionada pela classe média emergente que já representa mais da metade da população, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações).

SENAC TRÊS CORAÇÕES PROMOVE PALESTRA GRATUITA EM PARCERIA COM ASSOCIAÇÃO COMERCIAL

O Senac Três Corações realiza, nesta quinta-feira dia 16 de outubro, em parceria com a Associação Comercial e Empresarial de Três Corações (ACETC), a palestra Gestão de Mudanças, cujo objetivo é discutir os temas relativos à análise de mercado e abordar a importância de uma boa gestão de pessoas. O evento, que visa contribuir para a melhoria das lideranças, acontecerá na sede da ACETC, a partir das 19h30. As inscrições são gratuitas e as vagas, limitadas. Os interessados podem se inscrever antecipadamente na ACETC (Praça dos Ferroviários, 7 – Centro).
Segundo o Gerente da ACETC, Carlos Augusto, a realização desta palestra é de grande importância para a Associação Comercial, principalmente no que tange a capacitação dos empresários e gestores, já que o cenário atual exige mudanças rápidas e constantes. “Estamos com expectativa de obter excelentes resultados com este evento e, assim, conseguirmos fazer uma melhor análise do mercado. Ações e parcerias como estas são fundamentais para o crescimento de todos: empresários e colaboradores de nossa cidade”, completa.
Já Filipe Araújo, Consultor de Negócios do Senac Três Corações, acredita que a parceria entre as duas instituições é importante e necessária, pois ambas buscam por melhorias para o setor comercial. “Por meio dessa aproximação podemos conhecer as especificidades de cada comércio, bem como suas necessidades, e propor soluções pontuais para o desenvolvimento do setor”, afirma.

INVESTIGADO NA OPERAÇÃO PASÁRGADA EMPRESÁRIO ACUSADO DE CRIME CONTRA A LEI DE LICITAÇÃO É PRESO EM BH

O auditor do Tribunal de Contas de MG, Edson Arger.
foi preso em 2008 na Operação, que também prendeu
Conselheiros do TCMG e juízes. Arger  frequentava os 
meios políticos de Três Corações, e ganhava R$ 7 mil 
da UninCor,  Amigo pessoal do lobista Braz Pagani. 
Ele foi homenageado pela Câmara Municipal de 
Três Corações com o título de cidadania.
Nota deste Blog: Em postagem abaixo este Blog registrou que o atual secretário de Controle Interno da Prefeitura de Três Corações, Dr. Abrahão, também foi investigado nesta mesma operação. É interessante uma nova leitura, isso sem qualquer julgamento de mérito. Quem tiver tempo e estomago pode acessar no Google "Operação Pasárgada" e também "Grupo SIM" e "PCM Consultoria Municipal". 

O empresário Paulo Sobrinho de Sá Cruz, investigado pela Polícia Federal na operação Pasárgada, foi preso na noite dessa terça-feira (14), após ser parado em uma abordagem de trânsito, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Civil, Cruz estava dirigindo com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa e foi flagrado durante uma operação de rotina da Polícia Militar (PM).
Ele foi levado ao Detran para assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e, na delegacia, foi constatado que havia um mandado de prisão preventiva em aberto, em nome do empresário. Além de ser investigado pela PF, Cruz é suspeito de cometer crime contra a Lei de Licitações em uma ação civil pública movida pelo Ministério Público de Minas Gerais.
Após a prisão, o suspeito foi encaminhado ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, onde permanece à disposição da Justiça.
A operação
A Operação Pasárgada foi deflagrada em 2008 com o objetivo de desmantelar esquema de liberação irregular do Fundo de Participação dos Municípios. A investigação descobriu um esquema criminoso formado para a prática de delitos com o envolvimento de magistrados, prefeitos, servidores públicos e autoridades.
(fonte: O Tempo)

PESQUISAS DO IBOPE E DATAFOLHA FICAM INALTERADAS

As pesquisa do Ibope e do Datafolha, divulgadas nesta noite, apresentam novamente os mesmos números: Aécio Neves (PSDB) tem 51% das intenções de votos válidos, contra 49% de Dilma Rousseff (PT). Os números configurariam empate técnico.
Significa que ambas as pesquisas não identificaram que o comportamento do eleitor não sofreu qualquer alteração entre a pesquisa anterior, realizadas entre os dias 7 e 9, e o levantamento divulgado nesta quarta-feira. De lá para cá, o País foi sacudido pelo áudio dos depoimentos do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do megadoleiro Alberto Youssef, presos há mais de seis meses na OperaçãoLava Jato, da Polícia Federal. Nesses depoimentos, ambos detalham o roubo que protagonizaram na Petrobras e revelaram a partilha do desfalque com o PT e demais partidos governistas.
Se forem comsiderados os votos totais, incluindo as opções branco/nulo e Não sabe/Não respondeu, o Ibope repete o Datafolha: 45% para Aécio e 43% para Dilma. Isso significa que ambos os candidatos estão em situação de empate técnico.
O Ibope informa haver entrevistado 3.010 eleitores em 204 municípios entre os dias 12 e 14 de outubro a garante que o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01097/014.
O Datafolha informa ter ouvido 9.081 eleitores em 366 municípios nos dias 14 e 15 de outubro e garante que o nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01098/2014.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

TRÊS CORAÇÕES E A ORIGEM DA PATRANHA

Com a postagem sobre a construção do anexo da Câmara, alguns amigos destacaram a importância do assunto ali tratado, e o silencio ‘gritante’ de quem deveria se manifestar. Vamos ver se este assunto interessa à Polícia Federal, uma vez que muita coisa que hoje assistimos pode ali ter começado. É apenas um palpite, e posso estar errado. Quem comandava os vereadores e os funcionários era a coligação (Olenir/Jorge Machado) que se formou ali na Câmara para apoiar o ex-vereador e atual prefeito Cláudio. 

Outro assunto é o sumiço do vereador Quati. que coincidiu com a intimação da Polícia Federal. Segundo fontes ele viajou para a Bahia, na casa da sogra. Quati, a exemplo desta eleição onde trabalhou muito (para nada) a favor do Cherem, já utilizava naquela eleição os famosos churrascos com muita bebida e... pedidos de votos.

Outra coisa que merece destaque na eleição passada, que a PF pode estar investigando, é o caso da vereadora e atual presidente da Câmara Regina do Nilo, que na época das eleições trouxe dois médicos (que recebiam do Estado) seus conhecidos (parece-me que da cidade do seu marido Nilo), para trabalharem na Colônia - onde o Nilo preside sua administração até hoje. Segundo contam, ônibus saiam lotados para atendimento com os dois médicos. Um deles, um psiquiatra, eu conheci, e acho que até morou com o casal. Pessoa muito agradável. Passadas as eleições, pouco tempo depois foram embora. É o que o povo conta...

DILMA VENCEU AÉCIO NO DEBATE DA REDE BANDEIRANTES

Ricardo Noblat
Como conseguiu enfrentar Aécio de igual para igual, Dilma ganhou o debate de ontem à noite na Rede Bandeirantes de Televisão.
Confesse, seja você PSDB ou PT: você torcia por uma derrota de Dilma. Você temia uma derrota de Dilma.
Quem foi capaz de imaginar que Dilma atacaria com esmero e se defenderia com eficiência? Ou que deixaria Aécio, em mais de uma ocasião, acuado?
É por isso que digo que ela ganhou o primeiro dos quatro debates de televisão do segundo turno da eleição presidencial.
Onde estava a Dilma de raciocínio confuso? Apareceu – e rapidamente – duas ou três vezes, se tanto.
Onde estava a Dilma que não consegue dizer algo com começo, meio e fim? Surpreendentemente ficou em casa.
Onde estava a Dilma que aprecia citar um monte de números? Recebeu uma lavagem cerebral e esqueceu os números.
Aécio não esteve mal. Apenas foi surpreendido por uma Dilma que fez direitinho seu dever de casa com o marqueteiro João Santana.
Chamar Dilma de leviana ou de mentirosa não acrescenta votos a Aécio. Pode até soar como uma indelicadeza aos ouvidos mais sensíveis.
Dizer que Aécio empregou parentes quando governou Minas Gerais é uma coisa que todo mundo entende e pode guardar na memória.
Dizer que ele responde a processo por improbidade administrativa, também. Enumerar os escândalos do governo de Fernando Henrique que ficaram impunes, idem.
Dilma sapecou em Aécio acusações de forte apelo popular. A recíproca não foi verdadeira.
O Aécio à vontade, leve, livre e solto do debate da Rede Globo de Televisão no primeiro turno, faltou ao debate da Bandeirantes.
Nesta quinta-feira haverá outro – o do SBT. No próximo domingo, o da Rede Record. O da Globo ocorrerá na antevéspera do dia da eleição.
Para quem torce por um lado ou pelo outro, haja coração!

Nota deste Blog: concordamos com a avaliação do jornalista Ricardo Noblat

BOLETIM ACE: DIA DO PROFESSOR


TRÊS CORAÇÕES: POLÍCIA FEDERAL DEVE INVESTIGAR SE A CONSTRUÇÃO DO ANEXO DA CÂMARA FOI FEITA DENTRO DA LEGALIDADE , TRANSPARÊNCIA E PROBIDADE.

Bem leitores e amigos deste Blog: a vinda da Polícia Federal em Três Corações com a missão de investigar a compra de votos na eleição de 2012 pode desvendar uma grande dúvida que permanece no coração e mente dos tricordianos, qual seja: a construção do anexo da Câmara Municipal de Três Corações. Várias pessoas da comunidade afirmam que aquela construção não foi nada, digamos, republicana. Explico:
Inicialmente não foi informado quando a arquiteta cobrou por aquele projeto. A arquiteta trabalha na prefeitura e é amiga do ex-vereador Cláudio, logo após eleito prefeito.
A Comissão de licitação, tendo como presidente o vereador Marcelo de Souza, o Marcelo da Cemig, julgou a proposta de tomada de preço 001/2012 em maio de 2012 (as eleições foram em outubro).
As obras começaram imediatamente e a obra foi entregue pouco antes das eleições de outubro. Na real verdade, é uma obra simples, com pouca ventilação, que visto de fora pode até agradar a visão, mas...
O custo de construção do anexo foi de R$ 613.518,68, fora o mobiliário e instalações. A empresa CASTRO SIMÃO ENGENHARIA LTDA – sediada em Lavras MG (sempre Lavras) foi a vencedora. Em segundo lugar ficou a Conspavi Construtora Pavimentadora Ltda, e havia uma terceira pequena construtora (na época não consegui identificar sua constituição), que acabou saindo da disputa.
O interessante é que todos os vereadores ocuparam um posto, assim como os funcionários da Câmara, para acompanhar o andamento das obras, "para dar mais transparência", disse o então presidente Altair Nogueira, lembrando o velho ditado: quando a esmola é grande até o santo desconfia.
Finalizando, aqui nada se afirma que houve caixa 2 nessa construção, desde o seu projeto até a finalização da construção, tudo a toque de caixa em ano eleitoral e próximo a eleição de 2012. Mas que seria de bom alvitre a Polícia Federal vasculhar essa construção, até mesmo para elucidar essa questão que tanto atormenta a população até hoje sem resposta.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

IRMÃS SUSPEITAS DE HOMICÍDIO ESTÃO FORAGIDAS EM TRÊS CORAÇÕES

A Polícia Civil de Três Corações (MG) aguarda três irmãs suspeitas de um homicídio que estão foragidas se entregarem. De acordo com o delegado Cristiano Almeida, as mulheres de 28, 30 e 34 anos prometeram se apresentar na presença do advogado na sexta-feira (10), mas não compareceram. Elas foram novamente aguardadas nesta segunda-feira (14) e também não apareceram.
“A partir de agora elas estão com a prisão temporária decretada e são consideradas foragidas da Justiça”, afirma o delegado.
As três irmãs são suspeitas pela morte de Ed Carlos Mateus Amenor, de 32 anos, no dia 20 de setembro deste ano. O corpo da vítima foi encontrado carbonizado em uma estrada de terra no bairro Parque Jussara. O cadáver também tinha diversas perfurações de arma branca.
De acordo com a polícia, uma das mulheres era companheira da vítima e teria planejado o crime junto com as irmãs. "O crime teria ocorrido porque a companheira sofria várias agressões por parte da vítima e, já não suportando mais essa situação, conversou com as irmãs e planejou a execução dele", complementa o delegado.
O inquérito policial ainda não está pronto, mas há a suspeita de que outras pessoas possam ter participado do crime. Segundo o delegado, as irmãs vão responder por homicídio qualificado.

IBOPE: AÉCIO TEM 69% DOS VOTOS VÁLIDOS NO DF, E DILMA TEM 31%

Levantando em conta os votos totais, candidato tucano segue na liderança para o segundo turno das eleições presidenciais
O Ibope divulgou na segunda-feira (13) uma pesquisa de intenção de voto para presidente entre os eleitores do Distrito Federal. Contando os votos válidos para a decisão do segundo turno, a vantagem é de Aécio Neves, do PSDB, com 69%. Dilma Rousseff, presidente e que tenta a reeleição pelo PT, ficou com 31%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.
Para calcular esses números, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos.A Justiça Eleitoral segue o mesmo procedimento para divulgar o resultado oficial da eleição.
Aécio segue na frente no Distrito Federal se forem incluídos todos os votos na contagem. Nesse cenário, o tucano teria 63% das intenções de voto e a petista, 28%. Votos brancos e nulos seriam 5%. E 4% não soube ou não quis responder. 
A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo. Foram ouvidos 2.002 eleitores em todo o Distrito Federal entre os dias 1º e 4 de outubro. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número DF-00072/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01015/2014.

POLÍCIA FEDERAL: 14 PESSOAS FORAM OUVIDAS EM TRÊS CORAÇÕES. SUSPEITA É DE COMPRA DE VOTOS


A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (14) uma operação de combate a crimes eleitorais em Três Corações (MG). A "Operação 299" ouviu 14 pessoas, entre eleitores e servidores públicos, que supostamente teriam vendido seu voto no 1º turno das Eleições Municipais de 2012 em troca de bens de valor econômico. Ainda conforme a PF, há indícios de que parte desses bens foi financiado pelos cofres públicos do município. Também está sendo cumprido mandado de busca e apreensão em uma empresa da cidade responsável pelo fornecimento dos bens.
Durante a manhã desta terça-feira, policiais federais estiveram no Juizado Especial de Três Corações e ouviram suspeitos de terem vendido votos em troca de materiais de construção. Entre os investigados, conforme a Polícia Federal, estão um ex-prefeito, um ex-vice-prefeito e vereadores de Três Corações, além de empresa sediada em Belo Horizonte (MG), que financiaria campanhas para políticos de Três Corações, mediante simulação de serviços e emissão de notas fiscais frias.
saiba mais
A operação – cujo nome se refere ao artigo do Código Eleitoral que criminaliza a corrupção eleitoral – é um desdobramento da “Operação Metástase 57”, deflagrada em dezembro de 2013, por meio da qual a PF colheu elementos indicativos do uso da máquina pública para fins eleitoreiros. O número 299 se refere ao artigo do Código Eleitoral que investiga crimes de compra de votos e crimes de peculato.
Segundo o delegado da Polícia Federal, João Carlos Girotto, as pessoas ouvidas nesta terça-feira confirmaram o recebimento dos bens. "A sequência da investigação é a oitiva dos agentes públicos. Nós temos o envolvimento do executivo municipal à época que pleiteava a reeleição e de também vereadores que estão exercendo o cargo, além do ex-prefeito e do ex-vice-prefeito, já investigados", disse.
Ainda de acordo com Girotto, há indicativos do recebimento de outros benefícios por parte dos vendedores de votos, como cestas básicas, terraplenagem e outros bens que supostamente foram fornecidos. "Uma das frentes da investigação é apurar se estes bens eram patrimônio público, o que acarretará também outro crime", explicou.
A ação segue na quarta-feira (15), quando servidores da prefeitura e pessoas que detinham cargo na gestão passada serão ouvidos. O ex-prefeito de Três Corações, Fausto Ximenes e o ex-vice, Sérgio Auad, não quiseram se manifestar sobre o caso.
(Fonte G1)

EM MINAS AÉCIO TEM 57% DOS VOTOS CONTRA 43% DE DILMA, SEGUNDO O INSTITUTO VERITÁ


Dilma e Aécio
A onda que levou o l Aécio Neves (PSDB) ao segundo turno permitiu ainda, três dias depois das eleições do dia 5 de outubro, que ele superasse a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), em Minas Gerais, onde chegou a cair para o terceiro lugar após a morte do ex-candidato presidencial Eduardo Campos (PSB), que foi substituído por Marina Silva.
No dia 5 de outubro, o tucano chegou a 39% da votação oficial contra 43% da petista. De acordo com o Instituto Veritá, Aécio tem agora 57% dos votos dos mineiros contra 43% de Dilma, o mesmo índice obtido por ela no primeiro turno.
Com 15,2 milhões de eleitores, o segundo maior colégio eleitoral, Minas representa 10% do eleitorado. O mesmo crescimento levou Aécio a superar Dilma no país, com 42% a 36%. A pesquisa foi realizada entre os dias 6 e 8 de outubro, depois de ouvir 5.165 eleitores nos 27 estados, dos quais 561 em Minas.
Feita com recursos próprios, a sondagem está registrada no TSE sob o número BR-01067/2014. A margem de erro é de 1,4%.